A FRUTA

Tucumã, o que é? Quais os seus benefícios e como usar

O tucumã é uma fruta da Amazônia, região norte do país, que devido seu alto teor de nutrientes, vitaminas e antioxidante, auxilia na saúde.

O tucumã é uma fruta típica da região norte do país, mais precisamente, da Amazônia. De acordo com pesquisas realizadas, o tucumã é rico em vitaminas A, B1 e C. Além de ter um alto teor de antioxidante, que previne o envelhecimento precoce das células.

Mas é graças a sua produção de ômega 3, que o tucumã vem sendo cada vez mais usado

Pois, o ômega 3 é uma gordura que ajuda a reduzir inflamações  e colesterol, também ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue. O que torna o tucumã um forte aliado no controle do diabetes. O tucumã ainda ajuda a fortalecer o sistema imunológico, dando longevidade aos amazonenses.

O consumo da fruta é bem diversificado, podendo ser usado, não só na culinária, mas também como cosmético. In natura, a polpa pode ser usada para fazer suco, ou como acompanhamento de outros alimentos.

Por exemplo, o x-coquinho, famoso entre os amazonenses, é um sanduíche recheado de tucumã, que segundo eles, é ótimo no café da manhã.

O que é tucumã

O Astrocaryum vulgare, popularmente conhecido como tucumã, é um fruto de uma palmeira da Amazônia, que pode chegar a 30 metros de altura.

Possui uma polpa grudenta e fibrosa, que além de ser rico em vitaminas e antioxidante, produz ômega 3 e tem um alto valor calórico. Algo em torno de 247 calorias a cada 100g de tucumã.

Também fazem parte de sua constituição, lipídios, glicídios e protídeos.

Os frutos do tucumã são como um coco alongado, que mede entre 3,5 a 4,5 centímetros de diâmetro e contêm um bico em sua extremidade.

A casca dos frutos é lisa, dura e de coloração verde amarelada, já a polpa é carnosa, oleosa, cor amarelada ou alaranjada, com um sabor adocicado. E no centro da fruta, fica um caroço duro, na cor preta, é a semente da fruta, que pode ser plantada. Sendo que sua germinação pode levar até 2 anos.

Benefícios do tucumã- fruta da Amazônia

Graças a sua fonte rica em vitaminas, sais minerais, antioxidante e ômega 3, a fruta do tucumã funciona como um anti-inflamatório natural e fortalecedor do sistema imunológico.

Além disso, previne contra doenças, vírus e bactérias e reduzindo os níveis do colesterol ruim e elevando os níveis do colesterol bom.

E por conter fibras, ajuda na digestão dos alimentos e no funcionamento do intestino, prevenindo doenças como o câncer.

Outros benefícios do tucumã para a saúde são:

  • Combate a acne, pois suas propriedades ricas em emolientes faz com que a pele fique hidrata e renovada;
  • Melhorar a circulação sanguínea, o que pode ajudar em casos de disfunção erétil;
  • Como fortalece o sistema imunológico, também ajuda a combater infecções por bactérias e fungos;
  • Previne o câncer colorretal e doenças cardiovasculares;
  • Por ser rico em oxidantes, auxilia no combate ao envelhecimento precoce;
  • Por conter vitaminas, gorduras e sais minerais, é bastante usado em produtos cosméticos.

Porém, o tucumã não deve ser usado de forma exagerada, pois devido seu alto valor calórico, pode ganhar de peso. Além de que pode causar diarreia, por ser rico em fibras. Ou seja, para aproveitara bem os benefícios do tucumã, basta usa-lo com moderação.

Como usar o tucumã

Desde a palmeira até os frutos, o tucumã, fruta da Amazônia, é usada na cultura local. Por exemplo, a polpa do tucumã pode ser consumida em forma de sorvetes, doces, licores, mouses, bolos, sucos e em recheios, como no sanduíche x-coquinho.

O x-coquinho é um sanduíche feito com pão francês, recheado com queijo coalho e derretido e polpa de tucumã. É um prato muito apreciado pelos amazonenses, que o consomem juntamente com café com leite, em alguns casos é servido com banana frita.

Portanto, como possui propriedades altamente nutritivas, é rico em vitaminas e sais minerais, o tucumã auxilia na prevenção do câncer de intestino, entre outras doenças.

A fruta do tucumã ainda é usada em cosméticos como, sabonetes, óleo e hidratante corporal e para o cabelo. Pois o tucumã dá brilho aos cabelos secos e estragados e age como um creme hidratante para a pele deixando-a muito macia.

Também é utilizado na composição de cremes, loções, bálsamos e bases de maquiagem.

Quanto às folhas da palmeira, é utilizada para fazer cestas e balaios, e artesanatos em geral, enquanto que da parte dura da fruta, são feitos anéis, brincos, pulseiras e colares.

Inclusive, há uma história da época do Império do Brasil, no século XIX. A história conta que os escravos e índios usavam o caroço do tucumã para fazer um anel em especial. No entanto, como eles não tinham acesso ao ouro, como a realeza, com o caroço criaram o anel do Tucum. Com o intuito de representar a amizade entre eles, além de servir como símbolo da resistência na luta pela liberdade.

Onde encontrar

O tucumã é encontrado principalmente nas feiras livres no norte do país, especialmente na região da Amazônia. Já no restante do Brasil, pode ser encontrado em alguns grandes supermercados especializados em frutos de todo o Brasil. No entanto, outra opção é através de sites de vendas na internet.

Informação nutricional

A tabela abaixo traz a informação nutricional para 100 g de tucumã.

Nutriente Quantidade
Energia 262 kcal
Carboidratos 26,5 g
Proteínas 2,1 g
Gorduras saturadas 4,7 g
Gorduras monoinsaturadas 9,7 g
Gorduras poli-insaturadas 0,9 g
Fibras 12,7 g
Cálcio 46,3 mg
Vitamina C 18 mg
Potássio 401,2 mg
Magnésio 121 mg

 

Fonte: https://segredosdomundo.r7.com/
Saiba mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tucum%C3%A3