Nesta quinta-feira (15), a Petrobras anunciou uma nova alta nos preços do diesel e da gasolina nas refinarias. De acordo com a empresa, o reajuste passará a valer a partir desta sexta-feira (16).

Com a medida, o diesel terá a sexta alta no ano, com o preço médio passando de R$ 2,66 para R$ 2,76, um aumento de R$ 0,10. Somente em 2021, o combustível já aumento 36,6% no total.

Já a gasolina sofrerá seu sétimo reajuste desde janeiro, com o preço médio passando de R$ 2,59 para R$ 2,64, alta de R$ 0,05. No total, o reajuste esse ano alcançou 43,4%.

O anúncio ocorre antes da nomeação do general Joaquim Silva e Luna como novo presidente da empresa.

De acordo com a Petrobras, o “alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras”.

Além disso, a empresa explicou que “os reajustes são realizados a qualquer tempo, sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo”. Isso possibilita, informou a empresa, “competir de maneira mais eficiente e flexível e evita o repasse imediato da volatilidade externa para os preços internos”.