Taubaté conquista título inédito da Superliga Masculina vencendo o Sesi

0

Com informações da Gazeta Esportiva – São PauloSP

Foto: Inovafoto/CBV

Depois de um vice e dois bronzes, o estrelado Taubaté é campeão da Superliga Masculina de vôlei. Na noite deste sábado, o time do interior de São Paulo enfrentou o Sesi-SP em Suzano (SP) pelo quinto jogo da série decisiva e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/22, 21/25 e 25/20.

Com isso, o Taubaté se tornou o 19º campeão da história da Superliga Masculina e o nono time paulista campeão brasileiro de vôlei, junto de Campinas (5), Pirelli (4), União Suzano (3), Paulistano (3), Sesi-SP (1), Olympikus (1), Santos (1) e Randi (1). O maior campeão da competição é o Minas, dono de nove títulos, sendo o último em 2002.

O primeiro set começou o mais equilibrado possível e se manteve assim até os momentos decisivos. A partir dos 19 pontos, o Taubaté conseguiu abrir a primeira vantagem considerável da parcial e arrancou rumo à vitória por 25 a 21, confirmada em ponto de Lucarelli explorando o bloqueio.

O segundo set foi quase um reprise do primeiro. As equipes travaram nova queda de braço e disputaram a liderança ponto a ponto, com o empate persistindo no placar até 22 a 22. Porém o Taubaté contou com sequência de três pontos, sendo o último de Leandro Vissotto, para fechar a parcial em 25 a 22 e colocar a mão no troféu da Superliga.

Sem conseguir se impor em quadra até então, o Sesi deu tom dramático ao jogo no terceiro set. A equipe da capital começou a parcial com disputa ponto a ponto, como nos dois sets anteriores, mas conseguiu se desvincilhar do rival, abriu vantagem e venceu por 25 a 21 em deixadinha de Lucas Lóh, inflamando a torcida que pintou a Arena Suzano de vermelho.

Parecia que o Sesi levaria o jogo para o quinto set, já que a equipe mandante iniciou o quarto set com ligeira vantagem. No entanto, perdendo por 14 a 12, o Taubaté conseguiu emplacar sequência de seis pontos e virou o jogo. Dali em diante, o time do Vale do Paraíba manteve a vantagem e se sagrou campeão da Superliga com ponto de ataque de Lucarelli, que fechou o set em 25 a 20.

FICHA TÉCNICA
SESI-SP 1 x 3 TAUBATÉ

Local: Arena Suzano, em Suzano (SP)
Data: 11 de maio de 2019 (sábado)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitros: Paulo Ricardo Turci e Silvio Cardozo Silveira

SESI-SP: Willian, Éder, Lucas Lóh, Lipe, Gustavão e Alan
Reservas: Murilo (L), Evandro, Alan Patrick, Renato, Bertolini, Barreto, Douglas Pureza e Franco
Técnico: Rubinho Leo

TAUBATÉ: Rapha, Otávio, Lucarelli, Conte, Lucão e Leandro Vissotto
Reservas: Thales (L), Fabiano, Luis Fernando, Uriarte, Abouba, Robinho, Douglas e Athos
Técnico: Renan Dal Zotto

Jogos da série final da Superliga Masculina

Jogo 1: Sesi-SP 3 x 0 Taubaté
Jogo 2: Taubaté 3 x 0 Sesi-SP
Jogo 3: Sesi-SP 2 x 3 Taubaté
Jogo 4: Taubaté 1 x 3 Sesi-SP
Jogo 5: Sesi-SP 1 x 3 Taubaté

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui