Prefeitura promove ações no Dia Mundial de Combate à Malária

0

Com a capital amazonense apresentando uma redução de 43,84% de casos de malária no primeiro trimestre de 2019, em comparação com o mesmo período do ano passado, a Prefeitura de Manaus programou uma série de ações educativas para marcar o Dia Mundial de Combate à Malária, 25 de abril. Na zona Leste, a programação aconteceu nesta quarta-feira, 24/4, na comunidade do Nassau I, no bairro Colônia Antônio Aleixo, com roda de conversa com moradores abordando diagnóstico e tratamento da doença.

As programações são executadas pelos Distritos de Saúde (Disa) da Secretaria Municipal de Saúde – Sul, Leste, Oeste, Norte e rural – com ações de educação em saúde sobre sintomas, diagnóstico e tratamento, distribuição de material educativo, exposição do ciclo biológico do mosquito transmissor da malária, orientações abordando a utilização de mosquiteiros impregnados com inseticida de longa duração, busca ativa de casos suspeitos e a oferta do exame de gota espessa para pessoas com sintomas da doença.

“O objetivo é intensificar as ações de controle da malária que já são realizadas na rotina diária de serviços na rede municipal de Saúde, como nos determina o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Então, cada um dos cinco Distritos de Saúde de Manaus programou ações de acordo com a realidade epidemiológica da área geográfica de atuação, aproveitando a data para reforçar a importância do combate à doença”, informa o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Uma das ações vai acontecer nesta quinta-feira, 25/4, na escola municipal Neuza dos Santos, no ramal do Pau-Rosa, Km 21 da BR-174, das 8h às 11h, direcionada para alunos, professores e moradores da comunidade, com ações de educação e promoção à saúde, executadas pelo Distrito de Saúde rural.

Também no dia 25, o Disa Oeste vai promover ações direcionadas para a comunidade do Parque das Tribos, no bairro Tarumã, com exposição do ciclo biológico do mosquito transmissor da malária (Anopheles) e apresentação de medidas de controle e prevenção (individual e coletiva), além de oferecer orientações sobre controle do tabagismo e prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/Aids).

No Disa Sul, o “Dia D” de Combate à Malária, 25 de abril, será marcado com ações na UBS Japiim, bairro Japiim, com exposição do ciclo biológico do mosquito, além de abordagem educativa junto à população que frequenta a feira da Panair, no Educandos.

Na comunidade Monte Horebe, bairro Lago Azul, o Disa Norte também vai promover ações de educação em saúde e busca ativa de casos suspeitos, com oferta do exame de gota espessa para o diagnóstico da malária.

 

Casos

O município de Manaus registrou nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano um total de 1.368 casos de malária, apresentando uma redução de 43,84% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram notificados 2.436 casos. Neste mês de abril, a Semsa já notificou, entre os dias 1º e 24, 268 casos da doença, sendo que em abril do ano passado o número chegou a 543 casos.

 

Fonte: Semsa/ Texto: Eurivânia Galúcio/Semsa

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui