Nobre vê “falta de medo” da arbitragem e pede apoio da torcida

0

Com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação 

Ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre ficou preocupado com o empate por 2 a 2 do Palmeiras contra o Bahia, registrado na tarde do último domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação da equipe de arbitragem, liderada por Igor Junio Benevenutto, levou o antigo dirigente a se manifestar por meio de sua conta no Twitter.

Com gols de Dudu, o Palmeiras chegou a liderar o marcador em duas ocasiões no Allianz Parque. No entanto, o Bahia conseguiu empatar com gols de Gilberto, marcados em cobranças de pênalti assinalados por meio do VAR. A expulsão de Felipe Melo ainda no primeiro tempo aumentou a insatisfação dos palmeirenses.

– Complicado hoje qualquer comentário com todo mundo puto! Ontem expulsão do Felipe Melo, nosso melhor jogador ultimamente, e dois penais via VAR decidiram o jogo. Triste, mas, além disso, o que me chateia/preocupa MUITO é a falta de ‘medo’ de errar contra nós em TODOS lances/jogos. Gera insegurança – escreveu Nobre.

Com 29 pontos ganhos, três a menos do que o Santos, o Palmeiras figura na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Presidente do clube alviverde na campanha rumo ao título da edição de 2016 do torneio nacional, Paulo Nobre mantém as esperanças de sucesso.

– Palmeirense, o Brasileirão não está nem na metade, estamos SUPER na briga! A Liberta, estamos vivíssimos… Por mais difícil que seja, temos que controlar nosso espírito SUPER passional e apoiar esse elenco/comissão técnica, pois não podemos nos tornar mais um adversário nesta dificílima temporada! – declarou.

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui