Marcos Júnior marca e Vasco vence o Goiás, fora de casa, pelo Brasileiro

0

Com informações do LANCE – David Nascimento – Rio de Janeiro (RJ)

Comandados de Vanderlei Luxemburgo conseguem três pontos importantes para a sequência da competição. Depois do gol, a partida caiu em qualidade e ficou sonolenta 

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Em um jogo sonolento em grande parte, o Vasco acertou na estratégia e venceu o Goiás por 1 a 0, na noite deste domingo, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro. Marcos Júnior fez o gol que garantiu os três pontos para o Cruz-Maltino – depois deste lance, a partida caiu muito em qualidade, mas no fim das contas deu certo para o trabalho da equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Com o resultado, o Vasco chegou a 17 pontos, na 14ª colocação do Campeonato Brasileiro – o Goiás tem a mesma pontuação, mas está em 12º pelos critérios de desempate. O Cruz-Maltino volta a campo no sábado, no clássico com o Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília. Os goianos, por sua vez, visitam no dia seguinte o Bahia.

NA BATIDA DO GOL
A estratégia elaborada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo para o Vasco enfrentar o Goiás, fora de casa, mostrou-se eficiente no começo. Os comandados de Ney Franco não apresentaram boas alternativas nem defensivas, muito menos nem ofensivas – Leandro Barcia protagonizou o único lance, bem fraco, por sinal. Talles Magno foi o primeiro a arriscar para o Cruz-Maltino, obrigando o goleiro Tadeu a fazer grande defesa. Mas foi Marcos Júnior, aos 21 minutos, que seguiu a batida do gol – aproveitou ótimo corta-luz de Yago Pikachu. Vasco na frente, 1 a 0.

SONECA, SONECA, SONECA…
Depois de o Vasco ter saído na frente do placar, a partida praticamente caiu de qualidade em todos os sentidos. Diria até que de uma hora para outra, todos os jogadores ficaram com sono, deixando um jogo mais do que apagado. Nem mesmo os minutos nos vestiários durante o intervalo foram bem aproveitados pelos treinadores, já que o retorno para o segundo tempo seguiu com a mesma soneca apresentada antes do fim da etapa inicial. Neste momento, substituições começaram a ser feitas na tentativa da qualidade ressurgir – os torcedores já começaram a reclamar das arquibancadas…

ACRÉSCIMOS MOVIMENTADOS
A partida ficou arrastada durante praticamente todo o segundo tempo, voltando a ter movimentação somente nos acréscimos – a partida foi até aos 53 minutos. Aos 48, Raúl Cáceres driblou facilmente na entrada da área e mandou com perigo, outra boa defesa de Tadeu. Três minutos mais tarde, Marrony acabou recebendo o segundo cartão amarelo – e consequentemente a expulsão, de forma justa. O Goiás ficou apenas um minuto com um jogador a mais, mas nada mais conseguiu fazer. Jogo fraco tecnicamente, vitória do Vasco por 1 a 0, que volta ao Rio de Janeiro com importantes três pontos.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 0 X 1 VASCO

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data/hora: 11/8/2019, 19h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS) – Nota LANCE!: 5,5 (não foi muito bem na aplicação dos cartões)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Gramado: Regular
Público/renda: 12.638 pagantes / R$ 365 mil
Cartões amarelos: Léo Sena, Geovane, Kayke (GOI) e Marcos Júnior, Lucas Mineiro, Yago Pikachu, Marrony (VAS)
Cartão vermelho: Marrony 51’/2ºT (VAS)

GOL: Marcos Júnior 21’/1ºT (0-1)

GOIÁS: Tadeu, Daniel Guedes (Kevin 3’/2ºT), Yago, Fábio Sanchez e Jefferson; Léo Sena, Geovane (Rafael Moura 31’/2ºT) e Giovanni Augusto; Michael, Kayke e Leandro Barcia (Rafinha 13’/2ºT). Técnico: Ney Franco.

VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard (Felippe Bastos 38’/2ºT), Raul e Marcos Júnior (Lucas Mineiro 21’/2ºT); Yago Pikachu, Talles Magno (Lucas Santos 33’/2ºT) e Marrony. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui