Fotógrafo ganha prêmio internacional com registro do Festival Amazonas de Ópera

0

Com a imagem “Ao fio da espada”, o fotógrafo amazonense Michell Melo, ganhou a estatueta de melhor Foto Randômica 2019/20, no Brasília Photo Show, um dos mais importantes festivais de fotografia, com participantes do mundo todo. A fotografia representa uma cena de “Tosca”, obra de Giacomo Puccini, apresentada no festival Amazonas de Ópera (FAO) deste ano.

Michell Melo, que participa de diversas atividades de fotografias e sempre faz uma pré-seleção para inscrever em concursos, afirma ter ficado surpreso com o resultado. “Quando estava cobrindo o Festival de Ópera, achei essa cena bem forte, mas eu realmente não esperava ganhar com ‘Ao Fio da Espada’. Diferente das demais, essa fotografia não constava em minha pasta de pré-selecionadas. E eu pensei que não iria ficar entre os finalistas, haja vista que havia mais de 60 candidatos. Foi uma honra ter sido escolhido”, afirma o fotógrafo.

A foto mostra um momento em que a cantora Floria Tosca abraça o pintor Mario Caravadossi, caído, sob uma espada que aparece graças ao cenário assinado por Nicolás Boni. “Tosca” foi apresentada no Teatro Amazonas, nos dias 11, 17 e 19 de maio.

Essa é a segunda vez que Michell Melo participa do festival, que teve mais de 12 mil inscritos em 2018. Ele comenta que no ano passado ficou em segundo lugar na categoria “Foto de Casamento”.  Este ano, ele voltou a se inscrever e levou o prêmio máximo na categoria “Foto Randômica”. “Eu também inscrevi trabalhos em outras categorias (Fotojornalismo, Paisagem e Foto de Celular), mas fui premiado com a do Festival Amazonas de Ópera”, comentou.

Brasília Photo Show

De acordo com o fotógrafo Edu Vergara, diretor geral do festival, o evento é o rebento de um livro que contava a história visual da capital do Brasil e que foi editado por ele em 2013. Em suas andanças pelo mundo, ao passar por Hollywood, ele pensou em criar um festival de fotografia que tivesse a força e despertasse tanta curiosidade popular quanto o Oscar.

A festa de premiação acontece nos dias 29 e 30 de novembro, em Brasília, no Distrito Federal, e Michell admite que está ansioso para comparecer ao evento. “Agora é trabalhar para conseguir participar desse momento único que é receber a estatueta e vivenciar a experiência de estar entre os selecionados com suas melhores fotografias”, comemora.

Projetos

Além da carreira profissional, Michell Melo é autor de diversas opções e também fomenta projetos voltados para a arte de fotografar, como o a Escola Monóculo de Retratos – criada em 2018 com o intuito de movimentar a fotografia amazonense, bem como presentear e homenagear fotógrafos e amantes do universo fotográfico. 

Em setembro deste ano, com a obra proveniente da exposição “Amazônia: o despertar para um futuro melhor”,  Michell também foi pré-selecionado no festival internacional “Paraty em Foco”, no Rio de Janeiro, na categoria “Convocatória Portfólio em Foco 2019”.

Atualmente, o fotógrafo está engajado no projeto do livro “Amazônia Photos”, que está diagramado, mas aguarda recursos de patrocinadores para ser publicado. “É um livro sobre os 350 anos de Manaus, com mais de 100 fotografias que mostram a beleza da metrópole em sua fase mais contemporânea. É uma forma de presentear a cidade e a todos os manauaras”, garante Michell.

O livro é organizado por Julian Aude, Carlos Navarro, Selma Maia e Michell Mello, único amazonense da equipe.

Fonte: acritica.com
Foto: Michell Melo

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui