Disputas no atletismo, minivôlei, xadrez e natação marcam o quarto dia de jogos

0

Com informações da Assessoria de Comunicação da Semed

Fotos: Cleomir Santos / Semed

Atletismo, minivôlei, xadrez e natação foram as modalidades esportivas disputadas no quarto dia de competições da 22ª edição das Municipíadas, nesta terça-feira, 11/6, em locais distintos, nas categorias mirim, infantil e juvenil, no masculino e feminino. O evento, promovido pela Prefeitura de Manaus e organizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem como tema “Família e Escola: Todos responsáveis uns pelos outros”, o mesmo do ano letivo.  

O coordenador de esportes da Semed e das Municipíadas, Ronne Melo, destacou que até o momento a participação das escolas ocorre em especial na modalidade de atletismo. Ele também ressaltou o trabalho dos professores de educação física, realizado com os alunos da rede municipal.

“O atletismo é a modalidade que tem mais alunos inscritos. Mas o desempenho dos alunos é bom também em outros esportes, como futsal, voleibol e handebol. Isso é bom para a Semed e mostra o trabalho dos professores de educação física, inclusive, já tivemos alunos que foram campeões nos Jogos Escolares do Amazonas”, comentou.

O objetivo das Municipíadas é envolver os alunos na prática esportiva, na aquisição de habilidades físicas e sociais, valores, conhecimentos, atitudes e normas. Os jogos ocorrem em 14 modalidades competitivas: atletismo, badminton, basquete, handebol, futebol, futsal, jiu-jitsu, judô, vôlei, vôlei de praia, minivôlei, natação, tênis de mesa e xadrez. Além dessas, o remo entra em modo demonstrativo. Participam do evento deste ano, aproximadamente 3,5 mil alunos, de 80 escolas municipais.

Atletismo

A aluna do 9º ano, Nicolly Ferreira Vieira, 15, da escola municipal Raimundo Almeida Lúcio, localizada na comunidade Piorini, zona Norte, participa pela primeira vez das Municipíadas. Ela não deu chances para os adversários e levou a medalha de ouro, no juvenil feminino, na prova dos 1.500 metros de atletismo. Para ela, foi um momento muito especial.

“A prova foi muito cansativa, mas estou muito feliz e quero agradecer meu professor pelo meu treino, porque para conseguir essa medalha treinei muito e chegava sempre tarde em casa. Não gostava muito de correr, mas depois de uma aula de educação física passei a gostar”, destacou.

A escola municipal José Marques de Almeida, localizada no ramal do Acará, no quilômetro 17, da AM-010 (Manaus – Itacoatiara), zona rural, participou dos jogos de minivôlei, nas categorias mirim masculino e feminino, além do atletismo, tênis de mesa, badminton e handebol. Para o professor de educação física, Luiz Paz e Silva, a competição é uma chance de interação entre todos.

“Nós trabalhamos mais o lado educacional e o competitivo fica no desenvolvimento e preparação de futuros atletas e crianças saudáveis para participar de qualquer modalidade. O importante é o processo pedagógico, sendo essencial para essas crianças”, observou.

As disputas de xadrez, realizadas em parceria com a Federação Amazonense da modalidade, contaram com a participação de 117 alunos de 17 escolas.  Os próximos jogos serão no sábado, 14/6, na escolinha de xadrez da Vila Olímpica de Manaus, zona Centro-Oeste.

“O xadrez prepara para a vida, e aqui no torneio as crianças são desafiadas. Os benefícios são atenção, concentração, disciplina e o respeito ao adversário, onde ele levará tudo isso para a fase adulta. O professor em sala de aula pode trabalhar com xadrez de várias maneiras, além disso, a modalidade é seletiva no infantil e juvenil para os Jeas (Jogos Escolares do Amazonas)”, comentou Paulo Isaac Assis de Lima, coordenador da modalidade.

COMENTE ESTE POST...

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui