Manaus/AM – O Tuxaua Geral das aldeias Sateré-Mawé, Amado Menezes Filho, de 64 anos, morreu de Covid-19 nesta quinta-feira (15). Ele estava internado há 23 dias no Hospital Regional Jofre Cohen, em Parintins, interior do Amazonas, conforme nota de pesar divulgada pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), em que ele era um dos fundadores.

O tuxaua estava na linha de frente do combate à Covid-19 e é a segunda liderança indígena que morre por conta da doença na região do rio Andirá, no município de Barreirinha.