Manaus/AM – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), inicia nesta quinta-feira (8), o recadastramento dos alunos matriculados na rede municipal de ensino. A ação busca identificar os estudantes que permanecem na rede municipal de ensino e que acompanham o projeto “Aula em Casa”, além de focar no planejamento do ano letivo de 2021. Os gestores escolares entrarão em contato com os pais ou responsáveis pelos alunos até sexta-feira, 16/10, para realizar a atualização dos dados.

Caso não recebam ligação, por estarem com o cadastro desatualizado, os familiares devem procurar a equipe escolar da unidade de ensino onde o aluno está matriculado. Se o recadastramento não for efetivado, o estudante não terá como concluir o ano letivo em andamento e entrará no processo de matrículas 2021 como novo aluno a cursar o mesmo ano de ensino que em 2020.

De acordo com a subsecretária municipal de Educação, Euzeni Araújo, o recadastramento dos estudantes servirá para identificar aqueles que estão efetivamente ativos na rede e também para reorganizar o período da matrícula de 2021.

“A Semed pretende identificar todos os alunos da rede por meio do recadastramento e assim fechar o ano letivo de 2020 com o número exato de alunos que estão participando do ‘Aula em Casa’. Além disso, começar a programar a organização das matrículas para o próximo ano. Por isso pedimos aos pais que atendam o telefonema da direção da escola e confirmem seus dados. Quem não receber a ligação deve entrar em contato com a unidade de ensino onde o filho está matriculado”, informou Euzeni.

A ação será feita pela direção da escola onde aluno está matriculado, que entrará em contato com o responsável. Os dados serão cruzados com as informações da Gestão Integrada da Educação (Gide), que é responsável pela frequência dos alunos no “Aula em Casa”, a fim de atualizar o nome, número do CPF e endereço do responsável pelo estudante. Caso o aluno não seja encontrado, é importante que o responsável procure a escola para realizar a atualização pessoalmente.

“A Semed possui mais de 240 mil alunos matriculados na rede municipal, por isso vamos fazer esse levantamento. É muito importante que o responsável fique atento, porque a escola entrará em contato por ligação ou por aplicativo de conversa. O pai ou responsável deve informar o nome completo dele e do aluno, CPF e endereço. Precisamos de todas as informações atualizadas até o próximo dia 16 de outubro”, reforçou a diretora do Departamento Geral dos Distritos (DEGD), da Semed, Selma Trindade.